Você precisa de uma piscina, mas e agora?

Qual a piscina ideal para você? Piscinas de fibra, de concreto ou de vinil?

A gente te explica a diferença e as vantagens que cada uma tem. Que tal começarmos pela piscina de fibra?

Esse tipo de piscina é feita com fibra de vidro e resina (além da pintura com gel), são altamente resistentes a variações de temperatura e pressão, possuem modelos padrões que cada fábrica oferece, havendo hoje um leque extenso de modelos para sua escolha. Se você está procurando o melhor custo benefício, certamente irá optar pelas piscinas de fibra, elas são mais baratas tanto no “casco” quanto na hora da instalação. Ainda sobre a instalação, o tempo será de 5 a 7 dias, sem contar os acabamentos externos. A durabilidade de uma piscina de fibra depende da qualidade na fabricação, da instalação e a maneira de como é preservada, se tudo for feito conforme as recomendações do fabricante.

As piscinas de concreto também conhecidas com piscinas de alvenaria, possuem um custo mais elevados, porém, levam vantagens quanto as possibilidades de formatos, dimensões, revestimentos e claro, quanto a durabilidade. Com uma grande possibilidade de criação para a sua piscina, isso acaba valorizando e destacando ainda mais o design externo da sua casa. A durabilidade e resistência dessas piscinas são as maiores, algumas podendo chegar a 40 anos! Mas cuidado, piscinas de concreto são mais suscetíveis a rachaduras e podem soltar as pastilhas ou azulejos com o tempo, a manutenção deve ser feita cuidadosamente. O processo de instalação é demorado, fica entre 40 a 85 dias em média.

Piscinas de vinil seguem o mesmo princípio das feitas de concreto, com a diferença do acabamento, sendo que o vinil é o próprio material utilizado no revestimento, ele é feito sob medida para sua piscina e serve como uma camada protetora, além de impermeável, o revestimento possui espessura de 6 a 8 mm e há uma grande variedade em cores e estampas, e até mesmo de customização do vinil. Esse tipo de piscina não possui rejunte, são mais fáceis de limpar por ser uma manta contínua, porém, as emendas do revestimento podem acarretar no surgimento de algas. Em alguns casos o vinil tem de ser trocado a cada 5 ou 7 anos de uso.

E ai, esse artigo te ajudou? Compartilha ele com outras pessoas pelas redes sociais!